Arquivo Março 2020

Passe escolar de abril

Teletrabalho…

DGE: ROTEIRO:8 Princípios Orientadores para a Implementação do Ensino a Distância
GOV: Ensino a Distância – Respostas para diferentes necessidades
TELETRABALHO:Informação EBSM

ESTABELECIMENTOS DE ENSINO – Escolas

Suspensão das atividades letivas e não letivas presenciais

O Governo decretou, com início a 16 de março e reavaliação a 9 de abril de 2020, a suspensão das atividades letivas e não letivas e formativas com presença de estudantes em estabelecimentos de ensino públicos, particulares e cooperativos e do setor social e solidário de educação pré-escolar, básica, secundária e do ensino superior.

Qual deve ser o comportamento dos alunos neste período sem ir à escola?

Por um lado, à semelhança dos restantes cidadãos, os alunos devem seguir as recomendações das Autoridades Nacionais de Saúde, adotando hábitos de higiene regulares (como lavar regularmente as mãos) e cumprindo com o distanciamento social. Por outro lado, é fundamental que os alunos mantenham rotinas e adotem métodos de trabalho que os ajudem a superar este novo desafio e a desenvolver aprendizagens, realizando as atividades indicadas pelos seus professores e comunicando com os mesmos.

Estão garantidos canais de informação e comunicação entre os vários membros da comunidade educativa (diretores, docentes, não docentes, alunos, pais e encarregados de educação)?

Sim. Neste período de suspensão das atividades letivas e não letivas com a presença dos alunos na escola, estão garantidos canais de informação e comunicação entre todos os possíveis interessados.
Desde logo, para efeitos de informação genérica de interesse para a comunidade educativa, e sem prejuízo da adoção de outros meios eficazes de divulgação, cada escola ou agrupamento de escolas utiliza a sua própria página da Internet.
Para efeitos de comunicação, no âmbito do apoio às aprendizagens em regime não presencial, será ainda de considerar os seguintes canais:

  1. Correio eletrónico;
  2. Plataformas de aprendizagem (p. ex.: Moodle);
  3. Grupos fechados em redes sociais;
  4. Outras soluções a adotar em função da singularidade do contexto em que a comunidade educativa se insere.

Serão aplicados métodos de ensino a distância?

Sim. É fundamental que os alunos continuem centrados nas atividades escolares.
A implementação do apoio às aprendizagens em regime não presencial deve consubstanciar-se em:

  1. Definição do trabalho a desenvolver autonomamente pelos alunos;
  2. Acompanhamento remoto dos planos de trabalho dos alunos;
  3. Especial acompanhamento a alunos com medidas seletivas ou adicionais, ao abrigo do regime da educação inclusiva;
  4. Sempre que possível, mediação do trabalho a desenvolver pelos alunos mais novos, com intervenção dos pais ou encarregados de educação.
  5. Especial acompanhamento a alunos com medidas seletivas ou adicionais, ao abrigo do regime da educação inclusiva.

Estão a ser criados instrumentos de apoio às escolas para a promoção do ensino a distância?

O Ministério da Educação já está a divulgar, junto das escolas, formas de promoção de práticas diferenciadas de ensino a distância, a desenvolver em função da evolução da situação e da realidade de cada escola, bem como do contexto de cada aluno.
O novo sítio da internet reúne um conjunto de recursos, ferramentas e informações úteis para as escolas e famílias, que visa apoiar as comunidades educativas na utilização de metodologias de ensino à distância.

Este apoio deverá permitir a todas as crianças e jovens:

  1. Manter contacto regular com os seus professores e colegas;
  2. Consolidar as aprendizagens já adquiridas;
  3. Desenvolver novas aprendizagens.

Foi também já disponibilizado um vídeo com 10 conselhos para os pais acompanharem as aulas dos alunos em tempo de COVID-19.

Enquanto se preparam outros instrumentos disponibilizados por diferentes produtores de conteúdos, a RTP 2, enquanto serviço público de televisão, e a Rádio Miúdos, que tem já uma tradição de parceria com as escolas, começaram a disponibilizar as suas grelhas semanais, as quais podem ser consultadas aqui.
Trata-se de um conjunto de programas com diferentes fins que podem ser articulados com a planificação feita sobretudo pelos educadores da educação pré-escolar e pelos professores do primeiro ciclo.
Esta forma de comunicação, pelo facto de ocorrer em sinal aberto, é mais um instrumento para se conseguir chegar a todos os alunos.

Os serviços administrativos das escolas estão abertos?

Os serviços administrativos das escolas estão maioritariamente a funcionar. No entanto, qualquer questão deve ser, preferencialmente, colocada por e-mail ou por via telefónica (consultar menu “Contactos gerais”).

A apresentação desta informação teve por base a recolha de dados nestes dois sitios online:

Unesco divulga 10 recomendações sobre ensino a distância devido ao novo coronavírus
https://covid19estamoson.gov.pt/medidas-excecionais/

Alguns canais úteis

Algumas soluções de videoconferência úteis:

Coronavírus Covid-19

INTRODUÇÃO

O COVID-19 é um vírus que provoca uma doença infeciosa emergente, identificada pela primeira vez na cidade Chinesa de Wuhan, cujos casos iniciais datam de dezembro de 2019.
O novo coronavírus 2019 é reconhecido atualmente como uma ameaça da saúde pública no contexto internacional. A transmissão ocorre de pessoa para pessoa, por contato direto ou indireto através das gotículas.

Plano de Contingência para Infeções Emergentes

Alguns procedimentos

Orientações
Conheça as principais Orientações e Informações da DGS

orientações

Alguns vídeos úteis

Vídeo da Direção-Geral da Saúde – Apresentação de medidas gerais de proteção para o cidadão

Vídeo da Organização Mundial da Saúde (adaptado pela DGS) que explica como surgiu o vírus, como se propaga e quais as medidas de proteção.

Línks úteis

Direção-Geral da Saúde. Microsite Covid-19
http://www.iasaude.pt/
https://covidmadeira.pt/
https://covid19estamoson.gov.pt/

Inscrições para as provas e exames finais

Os alunos que ainda não efetuaram a inscrição para os exames e provas nacionais, devem proceder de acordo com as orientações da « Comunicação nº2/JNE/2020 – orientações para o processo de inscrições.»

Para procederem à inscrição podem:
1- Descarregar o boletim de inscrição, preencher e enviar para o seguinte correio eletrónico: ebsm.exames@gmail.com;
2- No caso do aluno já dispor do boletim de inscrição, deverá preenchê-lo, digitalizá-lo e enviá-lo para o endereço acima referido.

Pel’O Conselho Executivo
(José Maria Dias)

As datas de inscrição para as provas e exames dos ensinos básico e secundário são prorrogadas até dia 3 de abril.

Em anexo encontram-se disponíveis os boletins e a documentação de apoio ao seu preenchimento.
Qualquer dúvida deverão contactar a escola através do número geral (291 969 250) entre as 10:00h e as 16:00h ou pelo correio eletrónico geral (ebsmachico@edu.madeira.gov.pt), ou através do formulário disponível no separador contactos, no sitio oficial da Escola Básica e Secundária de Machico (www.ebsm.pt).

Ficheiros em anexo:

ENSINO BÁSICO (9.º ano)

  1. Instruções de preenchimento do boletim de inscrição editável do ensino básico;
  2. Boletim de inscrição editável do ensino Básico;
  3. Código das provas finais do ensino básico provas de equivalência à frequência e provas a nível de escola.

ENSINO SECUNDÁRIO

  1. Instruções de preenchimento do boletim de inscrição editável do ensino secundário;
  2. Boletim de inscrição editável do ensino secundário;
  3. Lista dos cursos de ensino secundário (Designação dos cursos de ensino secundário e respetivo código de curso a transcrever para o boletim de inscrição);
  4. Códigos dos exames nacionais, provas de equivalência à frequência, provas de ingresso e cursos do ensino secundário.

PARA MAIS INFORMAÇÕES CONSULTAR:

Atividades desenvolvidas na Semana do Departamento das Ciências Exatas e da Natureza

Integradas no programa da Semana do Departamento das Ciências Exatas e da Natureza, o grupo de Ciências Físico-Químicas da Escola Básica e Secundária de Machico, achou uma mais valia compartilhar dados relevantes acerca das atividades desenvolvidas aquando desta. As mesmas, envolveram alunos das turmas de terceiro ciclo e secundário, oradores convidados, entre outros.

Ação de formação – Energias renováveis e sustentabilidade

Com o objetivo de fazer notar aos participantes da ação que uma das maiores descobertas do ser humano foi a produção de energia elétrica em grande escala, entre outros conhecimentos relacionados com o tema, o engenheiro, João Coelho da empresa de Eletricidade da Madeira, no dia 18 de fevereiro, no auditório da escola realizou a ação de formação «Energias renováveis e Sustentabilidade». Foram várias as turmas de terceiro ciclo que tiveram a oportunidade de enriquecer os seus conhecimentos, e usufruir da cativante apresentação do referido orador.

Planetário móvel (sessões de astronomia)

No dia 20 de fevereiro, turmas de terceiro ciclo, secundário, … tiveram a oportunidade de assistir às sessões no planetário móvel instalado no pavilhão.

O Astrónomo Amador Fernando Góis (AAA-Associação de Astronomia da Madeira) e os monitores das atividades, Alexandre Gomes e José Rocha, preencheram as sessões com uma primeira parte de 15/20 minutos com o manuseamento do Stellarium (céu diurno, noturno e planetas visíveis nesta altura do ano; coordenadas, pontos solstícios e movimentos da esfera celeste; principais distâncias e unidades de tempo; constelações do Zodíaco e Estrela Polar, galáxias e enxames estelares). A segunda parte, foi preenchida com a projeção do vídeo relativo à exploração da Lua, Marte e Sistema Solar.

Esta atividade foi muito enriquecedora, pois, é importante compreender a localização da Terra no Universo e a sua inter-relação com os demais objetos que fazem parte do Universo.

Exposição – Pontes de Esparguete (desafios com esparguete)

A exposição esteve patente à comunidade escolar no 2º piso da escola durante toda a semana de Departamento e prolongou-se até o dia 2 de março. Todos os participantes estão de parabéns, pois, foi uma atividade muito criativa e enriquecedora.

Os resultados do concurso foram afixados no dia 27 de fevereiro. À equipa mais votada pela comunidade educativa foi atribuído o prémio (livros de apoio escolar das disciplinas de Físico-Química, Matemática e Biologia/Geologia de 11.0 ano) e às restantes 4 equipas vencedoras foi atribuído o prémio (blocos de apontamentos e canetas). Os prémios foram disponibilizados por Areal Editores.

Para finalizar, o grupo de Físico-Química agradece a colaboração e a participação de todos os intervenientes nos eventos.

A delegada de Físico-Química

Fernanda Costa

Exposição “Retratos desconhecidos”

No âmbito do programa de comemorações “Machico 600 Anos” a Câmara Municipal de Machico, através do Solar do Ribeirinho, promove a exposição intitulada “Retratos desconhecidos”, resultante de uma proposta de trabalho desenvolvida no âmbito da Disciplina de Desenho A, 11º ano, do Curso de Artes Visuais, da Escola Básica e Secundária de Machico, sob a orientação da prof. Alexandra Carvalho.

ExpoSolar_2020

4.ª Reunião Preparatória do PJR realizou-se na EBSM

No dia 20 de fevereiro de 2020, a EBSMachico foi a anfitriã da 4.ª Reunião Preparatória do Parlamento Jovem Regional, uma iniciativa da DRE, este ano com o tema “O Turismo Sustentável”.

Nesta reunião, presidida por dois elementos da ALM e um da DRE, debateram-se os projetos de recomendação da EBSM, da Escola B+S Bispo D. Manuel Ferreira Cabral – Santana, da Escola Básica do 2.º e 3.º Ciclos do Caniçal e da Escola Básica dos 1.º, 2.º e 3.º Ciclos do Porto da Cruz.

Representada pelas alunas Ana Alves, Laura Melim, Eduarda Viveiros e Sara Alves, do 8.º1, a EBSM foi particularmente bem sucedida nesta 4.ª reunião, conseguindo aprovar o projeto da nossa escola como projeto-base, eleger a nossa pergunta para o deputado da ALM, bem como eleger as nossas duas deputadas efetivas à Reunião de Comissão, que irá realizar-se no dia 18 de março, na Assembleia Legislativa da Madeira.

No intervalo dos trabalhos, houve oportunidade para conviver e visitar algumas exposições de trabalhos dos nossos alunos.

Semana das Ciências – Fitossanidade

2020 – Ano Internacional da Fitossanidade

    Na “Semana das Ciências”, que decorreu entre os dias 17 e 21 de fevereiro de 2020, foram dinamizadas várias atividades que envolveram toda a comunidade educativa e proporcionaram experiências enriquecedoras aos alunos.

     A exposição “2020 – Ano Internacional da Fitossanidade” esteve patente no hall de entrada durante toda a “Semana das Ciências” e prolongou-se até o dia 28 de fevereiro. Esta iniciativa aliada à construção de um “Jardim Sustentável”, feito a partir de materiais recicláveis tiveram como principal objetivo sensibilizar toda a comunidade escolar para a necessidade de boas práticas ambientais. Ao mesmo tempo, a exposição dos trabalhos realizados constituiu uma forma de divulgar, valorizar e enaltecer todo o empenho e criatividade dos alunos das turmas 8º3, 8º4 e 8º5, no âmbito da disciplina de Ciências Naturais. Permitiu ainda reforçar o papel ativo dos Encarregados de Educação no processo de interajuda com os seus educandos aquando da idealização e/ou construção do modelo criativo para o “Jardim Sustentável”.

Numa exploração mais cuidada e profunda à exposição, pode sentir-se a aflição do nosso planeta perante a ação humana. É feito um apelo para proteger a biodiversidade e até se alerta para não provocar incêndios. Apela-se ainda à união de esforços pela saúde vegetal e fornecem-se informações sobre os vários métodos de controlo de pragas. Faz-se um apelo a um maior investimento na agricultura biológica como forma de se aumentar a segurança alimentar e obter uma alimentação mais saudável que se refletirá em ganhos na saúde humana. Proteger o nosso habitat e o ambiente, cuidar da floresta, não poluir a atmosfera, poupar água e proteger o solo, bem como cumprir os 5R´s da sustentabilidade, reduzindo a produção de resíduos e procedendo à separação correta dos mesmos, são medidas necessárias rumo a um planeta sustentável. A exposição termina com uma frase de Adailton Andrade, em jeito de desafio: “O Mundo só será melhor, as pessoas só serão melhores, se as atitudes tomadas foremdiferentes”.

Agricultura Biológica

    No dia 19 de fevereiro ocorreu uma palestra sobre a Agricultura Biológica. Na referida palestra os alunos puderam enriquecer os seus conhecimentos acerca dos procedimentos relacionados com a agricultura intensiva aliada ao uso de produtos fitofarmacêuticos e pesticidas e aos riscos associados a essas práticas, tal como a contração de determinadas doenças. Nesta atividade formativa ficou bem evidente que a aposta na agricultura biológica na ilha da Madeira, já é uma realidade em crescimento, que traz muitos benefícios ao nível da preservação da biodiversidade, do equilíbrio dos ecossistemas e da fertilidade dos solos, com reflexos positivos na saúde humana.

Lanche Convívio

    No lanche convívio do dia 19 de fevereiro, a Coordenadora do Departamento das Ciências Exatas e da Natureza, quis antes de mais agradecer o entusiasmo e dinamismo de todos os grupos disciplinares do departamento que proporcionaram a realização deste fantástico momento de convívio e partilha.

    Entre muitas flores, plantas aromáticas e muito boa disposição, foi possível conviver, saborear iguarias “em flor” e degustar os mais variados chás.

Ervas Aromáticas e Medicinais – Cantinho dos Chás – Laboratório Aberto de Ciências Naturais

    A exposição “Ervas Aromáticas e Medicinais”, “O Cantinho dos Chás” e o “Laboratório Aberto de Ciências Naturais” foram atividades quedecorreram no dia 20 de fevereiro.

    As duas primeiras iniciativas tiveram como principais objetivos dar a conhecer alguns benefícios no uso de plantas aromáticas e medicinais bem como incentivar o consumo de chás como um suplemento de saúde e bem-estar. Nestas atividades contou-se com o precioso envolvimento dos alunos das turmas 10º2 e 10º3 que participaram na elaboração dos cartazes expostos, bem como na identificação das plantas e decoração dos vasos. Ainda com a sua boa disposição e simpatia, colaboraram no acolhimento de quem por ali passava, dando a conhecer os mais variados chás de ervas frescas e possibilitando a degustação dos mesmos. No recanto das ervas aromáticas e medicinais, era possível cheirar e provar algumas folhas e flores comestíveis e reconhecer nas plantas, uma das principais fontes de aromas naturais.

    A iniciativa do Laboratório Aberto permitiu a toda a comunidade escolar a observação de modelos tridimensionais ilustrando a anatomia vegetal de uma angiospérmica. Permitiu ainda fazer observações ao microscópio ótico e à lupa binocular de várias estruturas vegetais.

    Os docentes do grupo de Ciências Naturais que dinamizaram as atividades supracitadas, entre outras, salientam pela positiva todo o interesse e entusiasmo dos alunos envolvidos e agradecem a todos os docentes, encarregados de educação e demais comunidade escolar que de alguma forma contribuíram para o sucesso desta semana.

Isabel Jesus e Alexandra Santos, professoras